Os principais desafios que os CIOs enfrentarão em 2022

As empresas em todo o mundo estão enfrentando tempos de incerteza. Como continuam a se adaptar às mudanças da indústria e a recuperar perdas financeiras causadas pela pandemia, os recursos são limitados e soluções inovadoras são muito solicitadas.

Como resultado, a tecnologia está se tornando difundida e importante para as operações básicas da empresa, bem como para seu crescimento. Isto significa que o papel do CIO está se expandindo e requer maior variedade de habilidades para monitorar e gerenciar pessoas, processos e tecnologia, enquanto desenvolve estratégias e procedimentos econômicos em linha com os objetivos comerciais.

Em seu papel fundamental de liderar a inovação tecnológica e a geração de receita nas organizações, os CIOs enfrentam uma grande variedade de desafios à medida que buscam novas maneiras de ter sucesso na era digital.

Ondas pós-pandemia

A pandemia de Covid-19 forçou empresas de todos os tamanhos e setores a repensar suas estratégias e operações de negócios para sobreviver em meio a mudanças nas restrições e à desaceleração econômica. Entre as principais mudanças está a mudança para o trabalho remoto e híbrido, uma transição que permaneceu praticamente intacta apesar do retorno à normalidade.

Embora o trabalho remoto ofereça muitos benefícios, incluindo conveniência e flexibilidade, o aumento da demanda por dispositivos tecnológicos, como laptops, contribuiu para a escassez global de microchips e afetou profundamente o fornecimento de dispositivos que os utilizam, incluindo ativos de data center.

A Intel prevê que a falta de semicondutores pode durar até 20241 , o que significa que os CIOs devem continuar a aplicar estratégias preventivas na gestão de equipamento de TI para planejar as necessidades de equipamentos com antecedência e estabelecer relacionamentos estratégicos com fornecedores e vendors de chips a fim de mitigar prazos de entrega estendidos e atrasos de entrega para encontrar um equilíbrio entre oferta e demanda.

No contexto de escassez de produtos, os CIOs enfrentam a possibilidade de custos muito inflacionados ao atualizar seus sistemas e, portanto, devem procurar estabelecer parcerias com empresas que ofereçam métodos alternativos de aquisição, como ativos renovados.

Uma grande parte do papel de um CIO em ajudar a empresa a atingir suas metas envolve trabalhar em estreita colaboração com vários departamentos. Portanto, a fragmentação do ambiente de trabalho também representa um desafio logístico para eles, por isso é essencial que os CIOs implementem efetivamente ferramentas e plataformas avançadas de colaboração por vídeo.

Para fortalecer a colaboração entre trabalhadores em diferentes ambientes, espera-se que os CIOs adaptem as operações de negócios de acordo com o uso da nuvem híbrida, uma infraestrutura de TI que conecta nuvens privadas locais a nuvens públicas. Até 2022, previu-se que mais de 90% das empresas globais2 contarão com a nuvem híbrida com um gasto estimado de US$ 480 bilhões em serviços de nuvem pública 3 uma mudança que pode ajudar os CIOs a ajustar seus modelos operacionais e trabalhar para construir uma plataforma digital integrada e altamente funcional para aumentar a eficiência e o desempenho de sua empresa pós-Covid.

Fechando a lacuna de habilidades

Além de serem facilitadores da colaboração entre diferentes departamentos por meio da implementação de ambientes de trabalho híbridos e tecnologias relacionadas, os CIOs são responsáveis por contratar e reter funcionários com as hard e soft skills que impulsionarão novos projetos de transformação digital que apoiarão o sucesso da empresa.

No entanto, devido à falta de pessoas com as habilidades e conhecimentos técnicos adequados, atualmente 67% dos líderes digitais globais 4 se esforçam para acompanhar as mudanças. Embora as ocupações relacionadas a TI e informática estejam em ascensão, há uma forte concorrência no mercado para adquirir e reter funcionários que possam atender às demandas interpessoais e técnicas em constante mudança.

Para encontrar as pessoas certas, os CIOs podem considerar a contratação de pessoas com formação não tradicional, como aquelas com experiência de estágio e aprendizado, que já possuem as soft skills e estão dispostas a serem tecnicamente treinadas para melhorar suas hard skills. O desenvolvimento de habilidades internas também pode ajudar a fechar a lacuna de habilidades e é uma forma econômica de motivar e reter os funcionários, proporcionando-lhes oportunidades para maximizar seu potencial e promover suas carreiras.

Olhando para o futuro  

À medida que as empresas fazem a mudança digital para a computação em nuvem, é necessário estabelecer segurança, proteção e gestão de riscos suficientes, encontrando os fornecedores certos para hospedar terminais baseados em nuvem.

O risco de ameaças cibernéticas está aumentando à medida que o número de dispositivos conectados à IoT continua a crescer. Por esse motivo, em 2021 o tamanho do mercado global de segurança cibernética valeu US$ 184,93 bilhões 5 e deve se expandir nos próximos anos. Os CIOs enfrentam desafios para garantir uma segurança cibernética eficiente e proteger dados valiosos da empresa. Iniciar programas de treinamento, aumentar os orçamentos de TI e ter acesso a mais recursos pode ajudar os CIOs a se protegerem melhor contra cibercriminosos e outras ameaças à segurança.

Para fortalecer a segurança e acompanhar o ritmo da transformação digital, muitas empresas estão passando para o modelo de segurança de Confiança Zero, o que exige que todos os usuários sejam autenticados e autorizados antes que possam acessar aplicativos e dados. A Confiança Zero pode oferecer suporte a redes locais, em nuvem ou híbridas, o que explica por que, em 2020, foi relatado que a pandemia de Covid levou 60% das empresas6 a impulsionar as estratégias de rede da Confiança Zero.

Outras tecnologias emergentes também podem tornar as empresas vulneráveis a maiores riscos de segurança à propriedade intelectual e aos dados da empresa, tais como inteligência artificial, aprendizado de máquina, DevOps e robótica. A rápida mudança tecnológica significa que os CIOs precisam de conhecimentos que vão além da gestão tecnológica tradicional, e devem estar preparados para adaptar seu conjunto de habilidades de acordo com isso, a fim de ganhar continuamente melhor competência técnica e consciência das tendências em evolução.

O papel dos CIOs na liderança de uma transformação digital segura também requer colaboração e comunicação interfuncional em toda a empresa. Para alcançar excelentes resultados, os CIOs precisam construir fortes relacionamentos com executivos e CEOs para colaborar como parceiros estratégicos e promover desenvolvimentos tecnológicos relacionados à segurança em toda a organização.

Priorizando a sustentabilidade

Embora os CIOs devam se esforçar para acompanhar os futuros desenvolvimentos tecnológicos, eles também devem considerar o impacto ambiental da tecnologia e sua responsabilidade como parte dos esforços para reduzi-lo.

A sustentabilidade está se tornando cada vez mais importante à medida que a consciência da mudança climática cresce e a pressão aumenta sobre eles para que adotem práticas ambientalmente corretas para melhorar a reputação da marca, melhorar o desempenho da sustentabilidade e proteger sua empresa de possíveis regulamentações.

A crescente dependência das empresas de software e canais online para as atividades do dia-a-dia significa que as necessidades energéticas para operar os data centers necessários para armazenar e processar todas essas informações, que já representam 1-2% do consumo global de eletricidade, estão aumentando7 . Consequentemente, os CIOs devem se esforçar para colaborar com parceiros eficientes em termos de energia e ambientalmente conscientes para alimentar data centers e direcionar investimentos para melhorar a eficiência energética geral em sua empresa.

Para promover práticas de TI sustentáveis, os CIOs podem optar por esquemas de manutenção de equipamentos independente (TPM) como uma solução econômica para prolongar a vida útil de seus equipamentos de TI e reduzir as emissões de carbono produzidas pela fabricação e transporte de novos equipamentos. Juntamente com a TPM, os CIOs também devem procurar maneiras de reduzir o impacto do uso da tecnologia em seus negócios, trabalhando com parceiros responsáveis e certificados para realizar a reforma, recompra e reciclagem de equipamentos de TI.

Além disso, métodos eficientes de rastreamento de dados ESG (Ambientais, Sociais e Governança) precisam ser estabelecidos para analisar fatores de sustentabilidade corporativa, como consumo de energia, diversidade da força de trabalho e práticas trabalhistas justas em toda a organização. Isso é fundamental para os CIOs que desejam desenvolver as melhores práticas e políticas dentro da empresa, avaliando e aproveitando os dados.

Conclusão

Devido ao escopo em expansão de sua função, os CIOs provavelmente encontrarão vários desafios e responsabilidades que abrangem muitos aspectos da empresa. Os desenvolvimentos tecnológicos e as mudanças nas demandas forçarão os CIOs a se tornarem adaptáveis e vigilantes.

No entanto, se os CIOs puderem adotar a evolução de sua posição que agora se estende além da gestão técnica de TI e utilizar novas tecnologias juntamente com habilidades técnicas e sociais, esses avanços podem fornecer aos CIOs uma variedade de soluções para desafios, como segurança, sustentabilidade e rápida transformação digital.

Fontes

  1. Stankiewicz, Kevin. 2022. ‘Intel CEO now expects chip shortage to last into 2024.’ CNBC. April 29, 2022.  Semiconductor shortage: Intel CEO says chip crunch to last into 2024 (cnbc.com)
  2. Stewart, Duncan, Nobuo Okubo, Patrick Jehu & Michael Liu. 2020. ‘The cloud migration forecast: cloudy with a chance of clouds.’ Deloitte. December 7, 2020. Cloud migration trends and forecast | Deloitte Insights
  3. ‘Gartner says four trends are shaping the future of public cloud.’ Gartner. August 2, 2021. Gartner Says Four Trends Are Shaping the Future of Public Cloud
  4. Mishra, Swapnil. 2021. ‘How CIOs can avoid the IT skills gap crisis.’ Enterprise Talk. November 26, 2021. How CIOs can avoid the IT skill gap crisis – EnterpriseTalk
  5. ‘Cyber security market by size & share report, 2030.’ Grand View Research. 2020. Cyber Security Market Size & Share Report, 2030 (grandviewresearch.com)
  6. McGillicuddy, Shamus. 2020. Survey: Zero Trust benefits remote work during pandemic. Network World. October 29, 2020. Survey: Zero Trust benefits remote work during pandemic | Network World
  7. Giles, Martin. 2022. ‘’If we don’t find ways to deal effectively with data, the cost to the planet could be huge’: why CIOs are marking sustainable IT a top priority.’ Forbes. March 22, 2022.  ‘If We Don’t Find Ways To Deal Effectively With Data, The Cost To The Planet Could Be Huge’: Why CIOs Are Making Sustainable IT A Top Priority (forbes.com)
COMPARTILHAR:

Enquire now